Investidor Gestão de Portfólio

Gestão de Portfólio

Investir em startups disruptivas, capazes de impactar a sociedade, é bastante estimulante. Por se tratar de um investimento de alto risco, antes de realizar qualquer investimento por impulso, é necessário que entenda os principais termos envolvidos na gestão de um portfólio de startups.

Retorno do Investimento

Investimento em startups geralmente leva ao menos cinco a sete anos para dar retorno ou qualquer evento de liquidez. Por conta da baixa liquidez, invista apenas capital que você pode manter investido por este período de tempo.

Ainda, o seu investimento pode ou não gerar algum retorno. Os cenários para o retorno do capital investido incluem:

  1. Perda total do capital investido
  2. Recuperação parcial do capital, com algumas perdas
  3. Retorno do capital
  4. Retorno do capital com pequeno lucro
  5. Retorno significante sobre o capital investido

O Retorno ocorre como resultado de diversos fatores, como a performance das startups, os termos de seu investimento, termos de rodadas subsequentes e de qualquer evento de liquidez — por isso faz-se necessária uma boa avaliação, não somente da empresa como também da oportunidade de investimento em questão.

Rodadas Múltiplas

É provável que a empresa tenha que realizar múltiplas rodadas de captação para crescer. Em muitos casos, não faz sentido para a empresa garantir a todos investidores o direito de participarem dessa nova rodada: Torna-se crítico atrair novos investidores, em especial os institucionais (como fundos de venture capital), que precisam de bastante espaço na rodada para acomodar seus cheques volumosos.

Nestes contextos, sua participação pode ser diluída com a entrada de novos investidores na empresa.

Direito de Preferência

Em uma situação onde você tem direitos de preferência (ou pro rata), lhe será garantido o direito de comprar participação adicional na empresa (participar da nova rodada de captação) a fim de manter sua porcentagem de participação. Participar destas oportunidades — ou não — depende de sua estratégia de investimento.

Se você não tiver estes direitos, não há garantias de que manterá sua participação, que pode ser diluída em rodadas futuras.

Proteção anti-diluição

Algumas empresas, apesar de não garantirem ao investidor o direito de preferência, oferecem no contrato de investimento um termo que protege contra uma diluição negativa: No caso de a avaliação ser menor que o preço da rodada anterior multiplicado por uma taxa mínima esperada por ano (em geral 30%), a empresa não poderá fazer nova captação sem antes oferecer aos atuais detentores dos Títulos.

Diluição Positiva

A diluição de sua participação pode ser boa para seu investimento em certos casos em que investidores aportam a um preço maior que seu investimento anterior e o capital investido está sendo utilizado para escalar o negócio. Neste cenário, sua participação será menor porém a um maior valor. De um modo geral, se a avaliação da próxima rodada for maior que a rodada na qual você aportou, ter sua participação diluída não é algo ruim.

Saídas

Evento de liquidez

Um evento de liquidez diz respeito a uma transação que resulta na liquidez parcial ou total de sua participação em dinheiro. As startups bem sucedidas geralmente oferecem retorno através de eventos como aquisições da empresa ou abertura do IPO. As principais formas de retorno do capital investido são:

  1. Aquisição Estratégica: Venda da empresa investida, com direito a tag along, garante a saída dos investidores nas mesmas condições dos fundadores.
  2. Abertura do capital: Com os esforços recentes da BM&FBovespa, somados aos incentivos do BNDES, abriu-se um novo caminho para empresas de menor porte acessarem o mercado de capitais. O equity crowdfunding pode ser o que faltava para que mais empresas abram o seu capital na bolsa. No caso da empresa abrir capital, sua participação pode ser comercializada nos mesmos termos que qualquer ação pública.
  3. Venda do Título: A qualquer momento, o investidor pode vender seu TDC a terceiros (ou aos fundadores, caso tenham interesse em recomprar equity), mediante Termo de Cessão que vai anexado ao contrato de investimento. A inexistência de um mercado organizado para negociação desses títulos, entretanto, diminui bastante a liquidez do papel.
  4. Investimento subsequente: Aporte realizado por um fundo de Venture Capital pode ser uma oportunidade de saída do investidor, caso o fundo tenha interesse em comprar a participação dos investidores minoritários, “limpando o cap table” e evitando maior diluição dos fundadores da empresa.
  5. Recebimento de dividendos: Política de pagamento de dividendos através da distribuição dos lucros, após a conversão dos Títulos em Ações Preferenciais.

Monitorando seu Portfólio

As empresas investidas devem, periodicamente, reportar aos investidores sobre o progresso. Um bom relatório deve incluir atualizações das principais métricas da empresa, informações sobre o cenário macroambiente do mercado e principais desafios e conquistas. É também comum que os empreendedores aproveitem para solicitar ajuda, conselhos ou introduções estratégicas.

Gerando valor

Monitore ativamente o seu portfólio e busque gerar valor adicional para as empresas depois de feito o investimento. A atuação de evangelistas e embaixadores da empresa é fundamental no início de vida de qualquer organização. Uma forma simples de contribuir é usando mídias sociais e contando sobre o negócio para seus amigos.

Comentários

Nenhuma resposta para esse artigo.

Deixe seu comentário